† Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO JOSE DO RIO PRETO, Jardim Vetorasso, Homem, de 15 a 19 anos, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Música
MSN - unholybr@msn.com


† Histórico † :

- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 12/06/2005 a 18/06/2005
- 05/06/2005 a 11/06/2005
- 29/05/2005 a 04/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 10/04/2005 a 16/04/2005
- 03/04/2005 a 09/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005
- 06/03/2005 a 12/03/2005
- 27/02/2005 a 05/03/2005
- 13/02/2005 a 19/02/2005
- 06/02/2005 a 12/02/2005
- 16/01/2005 a 22/01/2005
- 02/01/2005 a 08/01/2005
- 19/12/2004 a 25/12/2004
- 12/12/2004 a 18/12/2004
- 05/12/2004 a 11/12/2004
- 28/11/2004 a 04/12/2004
- 21/11/2004 a 27/11/2004
- 14/11/2004 a 20/11/2004
- 07/11/2004 a 13/11/2004
- 31/10/2004 a 06/11/2004
- 24/10/2004 a 30/10/2004
- 10/10/2004 a 16/10/2004
- 03/10/2004 a 09/10/2004
- 29/08/2004 a 04/09/2004
- 15/08/2004 a 21/08/2004
- 08/08/2004 a 14/08/2004
- 01/08/2004 a 07/08/2004
- 25/07/2004 a 31/07/2004
- 18/07/2004 a 24/07/2004
- 11/07/2004 a 17/07/2004
- 27/06/2004 a 03/07/2004
- 20/06/2004 a 26/06/2004
- 06/06/2004 a 12/06/2004



† Outros sites † :

- Meu Flog
- Minha turma da Facul
- Wellington Fotoblog
- Flog da TÉO!
- Blog Morbidart
- Caldeirão da Bruxa!
- Vocabulário de Revoltas
- Ju-zinha
- Absinto Bar
- Omelete
- U2 Site Oficial
- U2 Fotoblog por Aninha Vox Taylor Mullen
- Fotoblog do Duran Duran
- Batman Begins
- Melhores do Mundo


† Votação † :

- Dê uma nota para meu blog
† Link Rss † :


O que é isto?

Indique esse Blog


† Contador † :

† Layout



Finalmente, a resenha de Batman Begins!

 

Ainda me lembro, como se fosse hoje, da primeira vez que assisti ao filme “Batman”, de Tim Burton. Eu tinha 6 anos na época. Não conhecia nada do Homem-Morcego, meu pai havia me explicado antes o básico. Era um milionário, teve seus pais assassinados e pra se vingar se veste de morcego, sai a noite e caça bandidos. O filme de Burton era escuro. Seu Batman fazia mais que caçar bandidos, ele mata alguns durante o filme, inclusive o Coringa. A partir daquele momento, passei a acompanhar tudo o que podia a respeito do personagem. Comprei quadrinhos, assisti os outros filmes, a série animada. Não digo que me tornei um profundo conhecedor do morcegão, mas graças a isso, hoje eu sei que o filme que assisti aos 6 anos não mostrava o personagem que eu passei a ser fã. Aliás, nenhuma encarnação do Batman no cinema conseguiu mostrar isso. O mais próximo do Batman dos quadrinhos em uma versão fora dessa midia estava nos desenhos animados. Mas faltava mais. Agora, depois de assistir Batman Begins, porém, percebo essa lacuna preenchida.

Depois de tanto tempo esperando, finalmente vi o Batman que eu conheço, no cinema. Embora o diretor do filme, Christopher Nolan, diga que seu filme é realista (e realmente o é), seu Batman é exatamente o personagem tal qual foi concebido e aperfeiçoado por diversos autores durante seus 66 anos de vida.

O filme começa intercalando imagens do pequeno Bruce Wayne e seus traumas de infância (o medo de morcegos e a morte de seus pais) e o Bruce adulto, viajando pelo mundo e treinando para conseguir alcançar os meios para combater a injustiça. É interessante a forma como Nolan joga Wayne em uma prisão no oriente e mostra que ele não chegou ali por acaso. Em rápidos flashes nos é mostrado que Bruce aprendeu outras coisas além de artes marciais. Tudo é deixado meio implícito, mas pode servir de gancho pra continuação, afinal, algum outro mestre de Bruce pode aparecer, como por exemplo o detetive particular com quem ele aprendeu suas técnicas de investigação em Chicago.

Quando o retorno de Wayne a Gotham é mostrado e o leva a sua transformação a Batman, a narrativa do filme lembra muito a mini-série Ano Um de Frank Miller. Tudo acontece muito rápido, embora não seja em um curto período de tempo (no roteiro a ação do filme se passa em tres meses). A partir de sua transformação em Batman, a história ganha mais vida. Fica mais dinâmica. Somos agraciados com imagens do Batman fazendo o que ele faz nos quadrinhos: agindo disfarçado, investigando uma região de traficantes, interrogando o policial corrupto, Flass (em uma das melhores sequencias do filme).

Outro ponto positivo do filme são os vilões. Ao contrário das outras versões, dessa vez o flme não é centrado neles, mas nem por isso não são bem construídos. Carmine Falcone, o Espantalho e Ra’s Al Ghul não estão ali a toa. Eles tem um motivo, que pelo tom realista do filme é até convincente.

Os coadjuvantes também estão ótimos, com destaque, é claro, para Alfred, responsável pelos melhores diálogos do filme, engraçados e dramáticos também. Michael Caine comprova que foi a escolha definitiva para o papel. Morgan Freeman também está muito bom como Lucius Fox e, assim como Alfred, tem alguns diálogos memoráveis. O Sargento Gordon de Gary Oldman é exatamente o mesmo Gordon de Batman Ano Um, só que com uma participação menor. E Katie Holmes, apesar de ser bem fraquinha como atriz, se sai bem, graças ao roteiro.

Quanto ao visual do filme, é tão dark quanto o gótico de Tim Burton. Gotham lembra muito a Los Angeles de Blade Runner (filme favorito de Chris Nolan). Os efeitos especiais também são um caso a parte. Não aparecem muito, e quando aparecem é porque se fazem realmente necessários.

Quando terminou, percebi como era simples adaptar o Batman. Era só um diretor levar o personagem a sério. Nolan o fez e presenteou os fãs do morcegão com o melhor filme baseado em hqs de heróis ja feito. Enfim, saí do cinema com a sensação de que pela primeira vez assisti um filme do Batman. Os outros eram apenas filmes sobre um cara vestido de Morcego.



- Postado por: Alexandre às 10h01
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




O elenco de Batman Begins

 

É difícil falar do elenco do filme sem usar adjetivos. Na pele de Bruce Wayne/Batman, Chris Nolan escolheu a dedo o galês Christian Bale, ator de filmes cult como “Psicopata Americano” e “O Operário” (ambos merecem ser assistidos, são excelentes). Bale, desde sua atuação no “Psicopata...” caiu nas graças dos fãs do homem-morcego como o único ator capaz de interpretar Bruce/Batman com perfeição. Além de ser um excelente ator, tem o físico pro papel. Era apenas uma questão de tempo até que o futuro diretor de Batman Begins e os executivos da Warner percebessem isso. Bale foi o primeiro ator a ser contratado, depois de passar no teste, concorrendo com Cilian Murphy. Como Nolan gostou da atuação de ambos, escolheu Murphy para integrar o elenco, porém como um dos vilões da história, o Dr. Jonathan Crane (vulgo Espantalho). Por falar em vilões, Begins continua com a tradição de ter atores consagrados como antagonistas, com Liam Neeson como Ducard (e não Henri Ducard), Ken Watanabe (indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em seu primeiro filme em Hollywood, “O Último Samurai”) como Ra’s Al Ghul, Rutger Hauer como o inescrupuloso Sr. Earle, que quer o controle das Empresas Wayne e Tom Wilkinson como Carmine Falcone, o chefão da mafia.

Para os ajudantes de Batman em sua jornada, o diretor também não poupou esforços para conseguir um elenco de primeira linha. A começar por Michael Caine, na pele do mordomo Alfred Pennyworth, que desta vez desempenha um papel muito mais significante na construção do personagem principal do que nos filmes anteriores. Para o papel de Lucius Fox, Morgan Freeman foi escolhido no lugar de Lawrence Fishburne (Matrix). Gary Oldman, acostumado a fazer vilões, ficou com o papel de James Gordon, no filme longe de ser comissário, no posto de tenente. Por último, temos a única escolha “equivocada” para o filme. Katie Holmes, como a assistente do promotor e interesse amoroso de Bruce Wayne, Rachel Dawes não é exatamente um exemplo de boa atriz. De qualquer forma, sua atuação não compromete o filme.

Mas o que realmente importa é como esse elenco se sai no filme? Bom vamos por partes.

 

(A avaliação abaixo é superficial. Me baseio apenas no que vi até agora e pelo descrição dos personagens no roteiro do filme)



- Postado por: Alexandre às 11h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Bale – Batman/Bruce Wayne: O ator soube como interpretar os tres personagens como jamais fora interpretado, ou seja, da forma correta. Opa, perai, três personagens? Exatamente. Batman, Bruce Wayne, o playboy e Bruce Wayne, o amargurado em busca de vingança. Sua encarnação de Batman é animalesca. Não é simplesmente um cara com uma roupa de morcego.

 

Michael Caine – Alfred: Até agora os fãs sempre consideraram Michael Gough o melhor ator que interpretou Alfred, assim como a melhor coisa dos quatro filmes anteriores. Bem, como eu disse, até agora. Michael Caine além de ser um excelente ator teve a sorte do Alfred do roteiro de Begins ser muito mais fiel a fonte original. Destaque para os diálogos sarcásticos (típicos do humor britânico) entre seu personagem e Christian Bale, além do papel de pai que ele desempenha.

 

Gary Oldman – Ten. Gordon – Como eu já escrevi por aqui, os quatro filmes anteriores tiveram a péssima encarnação do Com. Gordon, em que o policial era inútil, não era respeitado por ninguém na sua delegacia e era totalmente dependente do Batman. Não tinha nada que lembrasse o comissário dos quadrinhos. Para Begins, o diretor optou por ter Gordon ainda como Tenente, enfrentando a corrupção na polícia e as ameaças de seus colegas. Oldman, além de ter ficado idêntico ao personagem da mini-série Ano Um o interpretou também como o personagem da supra-citada obra. Apesar de achar que Batman está tentando ajudar, ele tem dúvidas, sente como se estivesse errado.

 

Morgan Freeman – Lucius Fox: O personagem nos quadrinhos é o segundo homem em comando das Empresas Wayne. No filme é um inventor deixado de lado pelo Sr. Earle, e se torna amigo de Bruce ao disponibilizar as armas para que o milionário se torne o Homem-Morcego. Sua função na produção é parecida com a do “Q” dos filmes do 007.

 

Katie Holmes – Rachel Dawes: A personagem não existe nos quadrinhos, por isso seja um tanto desnecessária. Sua função no filme é ser o contato de Batman no sistema judiciário (papel que nos quadrinhos era do promotor Harvey Dent) e o interesse amoroso de Bruce.

 

Liam Neeson – Ducard: Nos quadrinhos, Ducard é um assassino francês com quem Wayne aprende técnicas de espionagem, infiltração e até mesmo assassinato. No filme, porém, Ducard é uma incógnita. Se apresenta como servo de Ra’s Al Ghul e treina o jovem Bruce nas artes do ninjitsu.

 

Ken Watanabe – Ra’s Al Ghul: Talvez o personagem mais polêmico do filme, Al Ghul nesta versão é japonês, não é imortal, não tem uma filha chamada Tália e não chama Batman de Detetive. Porém, seus ideais permanecem intactos. Ele ainda quer purificar o mundo dos humanos e pretende fazer isso através de Gotham City.

 

Cilian Murphy – Dr. Jonathan Crane: Responsável pelo Asilo Arkham na produção, trabalha com Carmine Falcone, traficando drogas. Cria a droga do medo, que testa em seus pacientes no Arkham. Porém, há muito mais por trás do vilão e seu verdadeiro empregador tem outros planos para o gás que o Dr. Crane criou. Assume a identidade do Espantalho, tal qual nos quadrinhos, e pretende espalhar seu gás por toda cidade.

 

Tom Wilkinson – Carmine Falcone: Assim como sua contraparte dos quadrinhos, Falcone é o grande chefe do crime de Gotham. É a primeira ameaça que Batman enfrenta. Não sofreu grandes mudanças na passagem dos quadrinhos pro cinema.

 

 

Avaliação:

Elenco 9/10

Personagens: 9/10



- Postado por: Alexandre às 11h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Notícias de última hora!

Pra dar um tempinho com as notícias relacionadas ao novo Batman...

Trailer de Mirrormask está online

O trailer do filme Mirrormask, do artista plástico, ilustrador e diretor Dave Mckean foi divulgado hoje, pelo yahoo! e pode ser conferido em quicktime ou windows media aqui. A prévia mostra que o filme, escrito por Neil Gaiman (Sandman), é um jogo visual, misturando animação e live-action como nunca visto antes. O filme conta a historia de uma garotinha de familia circense que se perde em um mundo de fantasia, e para fugir do local, ela precisa encontrar a mirrormask do título.

Irmãos Grimm ganha trailer

O novo filme de Terry Gillan (Os 12 macacos, Brazil e Monty Python) ganhou hoje seu primeiro trailer. O filme conta a história dos irmãos Grimm, os escritores dos contos de fada mais famosos de todos os tempo. A película une fantasia e realidade e mostra os irmãos na função de caçadores de aberrações (falsas, por sinal), quando tem que encarar uma bruxa de verdade, interpretada por Monica Belluci. Confira a prévia aqui (powered by SuperOmelete).

Terminam as filmagens de V de Vingança

As filmagens principais da adaptação da Graphic Novel de Alan Moore terminaram. Foi rápido, eu sei, mas como não boto fé nesse filme e acho que vai ser a bomba do ano, não fico nem um pouco espantado. Além disso, foi divulgada a primeira imagem do filme. Confira abaixo:

O filme é uma produção dos Irmãos Wachovsky (da franquia Matrix) e dirigido pelo estreante James Mcteigue (que foi assistente de direção nos dois últimos Matrix). Pela imagem, a impressão que eu tenho é que os Wachovsky reutilizaram os cenários de Matrix Revolutions e Reloaded. Não sei se vocês se lembram (como eu sou legal, vou ajudar um pouco), mas essa imagem é idêntica a uma das primeiras imagens divulgadas de Matrix Reloaded, o segundo filme da franquia. (essa aí do lado)

Não digam que é perseguição, mas os irmãos Wachovsky parecem não ser o poço de sabedoria que todos julgaram. Seria muito melhor se eles usassem a revista original como roteiro e não transformar uma das obras primas de Alan Moore em um "primo chegado" de sua famosa trilogia.



- Postado por: Alexandre às 14h13
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A produção de Begins

 

            Até agora, nos cinemas, Batman foi produzido como filme noir (nos seriados dos anos 40), como kitsch (na série dos anos 60 e nos dois filmes do Schumacher) e gótico (nas produções do Tim Burton). Porém, nos quadrinhos, Batman é um misto de terror e policial. Algo saído dos livros pulp, das novelas de rádio do Sombra e dos filmes expressionistas. Pela primeira vez, então, surge um diretor que sabe disso e produz um filme do Batman assim. Chris Nolan, quando foi contratado pela Warner deixou bem claro que seu filme seria realista, baseado em filmes policiais dos anos 70 e com um visual no estilo de Blade Runner. Seu Batman seria um personagem profundo, bem construído e com um motivo maior do que ser órfão, para lutar contra o crime.

            Pelo que pude conferir nos making ofs do filme, é exatamente isso que Nolan fez. O uso de Chicago para caracterizar Gotham foi perfeito. Afinal, Gotham sempre foi baseada em Chicago da época de Capone. As seqüências gravadas em estúdio, mas que representam os becos e docas de Gotham também foram muito bem produzidas para que parecessem o mais real e verossímil possível. Esqueça a arquitetura gótica, as estátuas gigantes e céu avermelhado. A cidade neste filme é criada como uma metrópole de verdade. Poderia ser Nova York, Chicago, ou até mesmo São Paulo.

            Outro ponto positivo para Nolan é que ele tem a consciência que se um filme quer ser levado a sério, não pode se dar ao luxo de ser um espetáculo em computação gráfica. Pra garantir isso, o próprio diretor editou o filme, da sua maneira. Há uma cena com Batman no topo de um edifício, que geralmente seria feita por um dublê virtual. Mas em Begins, o que estamos vendo é um dublê de verdade, na roupa de morcego, parado, vigiando a cidade que está abaixo. Não é nem mesmo um efeito adicionado no chromakey. Os poucos efeitos em CGI existem porque eram necessários e não porque seriam mais fáceis de serem feitos. O trem elevado (um cenário importante no desfecho do fime) é um exemplo disso, e mesmo assim ele não foi totalmente produzido por computação gráfica.

            A edição do filme é parecida com a edição de filmes de suspense. Talvez por isso, tem sido considerado impróprio para crianças. As lutas sofreram uma edição rápida, que não permite se identificar muito o que está acontecendo, mantendo o mistério que a produção exige. Além disso, é marca registrada de Nolan, colocar o espectador “dentro do filme”. Podem esperar isso na sequência da luta entre Bruce Wayne e Ducard no lago de gelo e na queda do pequeno Bruce no poço infestado de morcegos.

            Para encerrar, a fotografia do filme é parecida com a fotografia do primeiro “O Corvo” e com “Blade Runner”. Contrariando a opinião de muitos críticos que preferem algo no tom do que foi visto em “Constantine” e “Hellboy”, Nolan mostra que a escolha foi bem feita, e cria um clima sombrio e sujo para o filme.

 

Produção

Avaliação 10/10



- Postado por: Alexandre às 11h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A partir de hoje, irei publicar algumas resenhas sobre Batman Begins. A trilha sonora, a produção, o elenco e a direção serão analisados. E por último, a análise do filme (que só será publicada no Domingo). Até lá.

 

Batman Begins – A Trilha Sonora

 

            Posso não ser um grande fã dos dois primeiros filmes do morcego (embora seja fã de Tim Burton, aqueles filmes não me agradam muito), porém existem elementos nos filmes do Burton (assim como existem alguns nos filmes do Schumacher) que funcionaram bem. Um desses elementos é a música. A trilha de Danny Elfman para as versões góticas e expressionistas do morcegão marcaram pra sempre o personagem. Elfman criara um tema tão forte quanto o de John Williams para o Superman, no filme de 1978. Prova disso é que foi utilizado na série animada do personagem e plagiado por Elliot Goldenthal para os filmes do Schumacher.

            Assim sendo, eu estava temeroso quanto a qualidade da trilha sonora do novo filme do morcego. Embora goste do trabalho de Hans Zimmer e de James Newton Howard, eu não conseguia imaginar que ambos pudessem criar um tema que definisse o Batman, tal qual Danny Elfman fez. Zimmer é conhecido por seus temas de ação (que convenhamos, são todos muito parecidos), enquanto Newton Howard é famoso por compor trilhas para filmes de terror, suspense e dramas. A união dos dois, embora promissora, não me dava a impressão de que seriam capazes de compor para um filme baseado em uma HQ. E realmente não foram. Mas apenas porque Batman Begins não é um filme de quadrinhos. É um filme do Batman, sim, mas em nada se parece com uma história em quadrinhos. Realmente não existe um tema central para o Batman, mas a trilha sonora é uma das melhores que já ouvi em anos.

            O primeiro ponto positivo para a trilha é que não temos faixas com nomes idiotas como: “Bruce Wayne is Batman”, “The Attack of the Bat” ou “Fear of Bats”. As faixas foram todas batizadas com nomes de espécies de morcegos. Isso sem mencionar que a partir da faixa 4 até a faixa 9, as iniciais de cada musica formam a palavra BATMAN.

1. Vespertilio       

2. Eptesicus       

3. Myotis       

4. Barbastella       

5. Artibeus       

6. Tadarida       

7. Macrotus       

8. Antrozous       

9. Nycteris       

10. Molossus       

11. Corynorhinus       

12. Lasiurus 

 

Legal né? Pois é. E sobre as músicas? Bem, as três primeiras são temas bem dramáticos. James Newton Howard com certeza é o responsável por elas. A partir da quarta faixa, no entanto, podemos conferir um magnífico solo vocal feminino, um uso apropriado de percussão nos temas de ação e, particularmente na faixa 6, um tema digno de filmes de terror, com violinos estridentes e ensurdecedores. A faixa 10 é o que mais se aproxima de um tema para o Batman. É a música que tocou nos trailers. As faixas 11 e 12 são mais introspectivas e dramáticas. Na faixa 12, por sinal, é perceptível a influência da trilha de Zimmer para o filme “Gladiador”. O que, como já disse acima, é normal. Geralmente ele faz plágio dele mesmo nos temas, mas nada que comprometa a qualidade da música.

 

Trilha do filme:

Avaliação 8/10



- Postado por: Alexandre às 14h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Novo Preview de Batman Begins!

A HBO americana exibiu ontem o seu habitual preview de grandes filmes, com o novo Batman em destaque. Foram 13 minutos de entrevistas, imagens inéditas e behind the scenes exclusivos! Clique aqui para baixar o arquivo (você precisa do bittorrent pra fazer o download). São 158 MB, mas vale a pena!



- Postado por: Alexandre às 21h50
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Ouça a trilha sonora de Batman Begins!

A site japonês do filme liberou um vídeo com a cobertura da premiere que ocorreu no dia 31. E como BG, a música utilizada é parte da trilha do filme. Então se você quiser ter uma idéia do que vai ouvir enquanto Batman aparecer nas telas, clique aqui. O site Batmans.de liberou uma prévia de algumas músicas também. Clique aqui e confira os temas

Batman Begins estréia em 17 de junho! Daqui duas semanas!



- Postado por: Alexandre às 16h58
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Como havia dito, não faz mais sentido ser um blog divulgando notícias sobre Batman Begins depois da estréia do filme. Então, começo hoje com um pouco do que vai ser esse espaço depois do dia 17. Dicas, resenhas, artigos... como prometi semanas atras, esse blog irá mudar.

The Kills - No Wow

E justo quando eu digo que a criatividade se extinguiu no mundo musical, descubro a dupla The Kills. VV (Alison Mosshart) e Hotel (Jamie Hince) trazem à tona uma mistura de P.J. Harvey com Velvet Underground, no recém lançado “No WoW”, seu novo álbum.

O problema do The Kills é ser uma dupla, à primeira vista, copiada de White Stripes, mas não julgue pela aparência inicial, pois o som deles é muito diferente da “dupla Branca”. Enquanto Jack White chama atenção pelo seu som de banda de garagem, The Kills chama atenção pelo direcionamento criativo de seu som. Voz, guitarra e bateria eletrônica garantem músicas que nada devem à boa fase do "post-punk" dos anos 80. Altamente recomendável, com destaque para as faixas “Love is a Deserter”, “The Good Ones” e “Rodeo Town”.

 

 

Nine Inch Nails - With Teeth

Falando em criatividade, eis que é lançado “With Teeth”, novo álbum do Nine Inch Nails. Superando espectativas de uns, decepcionando outros, Trent Reznor ressurge após 6 anos de hiato, com um álbum que remete ao “Pretty Hate Machine”, primeiro álbum do NIN, que trazia músicas de temas variados, ao contrário dos outros álbuns que continham músicas que contavam uma única “história”.

O novo álbum é também mais comercial que os anteriores, motivo pelo qual muitos fãs estão reclamando muito. Porém, isso não siginifica que seja um álbum ruim, pelo contrário. Faixas como “The Collector”, “Everyday is Exactly the Same” e “Sunspots” fazem valer a espera de 6 anos por um trabalho novo de Reznor e cia. E, claro, o álbum é muito melhor se apreciado em sua versão DVDA, com as faixas mixadas em um envolvente som Dolby 5.1.

 

 

Star Wars - Episódio 3 - A Vingança dos Sith

E não é que George Lucas conseguiu encerrar sua saga intergalática com uma certa dignidade? Apesar das porcarias que foram o Episódio 1 e 2, o novo Episódio 3 – A Vingança dos Sith é muito bom. Seus 50 minutos finais valem a espera de 6 anos pra ver como Anakin Skywalker se tornaria Darth Vader e ouvir novamente a respiração e a voz do maior vilão da história do cinema. O filme só peca pelos diálogos, piores que os de novela mexicana e que provam o quanto Lucas é péssimo roteirista. Mas de qualquer forma, o filme vale a pena. E recomendo sair do cinema, passar na locadora mais próxima e alugar toda a trilogia clássica.

 

 

THX 1138 Edição Especial

Falando no Lucas, pra quem não conhece e tem paciencia de assistir filmes dificeis, assista “THX 1138”. A película, a primeira do diretor, mostra uma sociedade inspirada em 1984 de George Orwell e a luta de um integrante desta sociedade para se libertar. Mas repito, não é um filme fácil de ser assistido. Se sua concepção de ficção científica é Star Wars, passe longe de THX 1138.



- Postado por: Alexandre às 18h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Novas imagens!

O Site JoBlo acaba de atualizar sua galeria de imagens de Batman Begins com várias imagens novas e algumas que conheciamos apenas por scans de revistas em alta resolução. Confira aqui.



- Postado por: Alexandre às 18h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Warner começa promover Begins no Brasil

Acabei de ver na Comunidade do Orkut do filme no Brasil, esses dois outdoors, promovendo o filme no Rio de Janeiro. Confira as imagens abaixo (fonte: µ):

Parece que em São Paulo, capital, também foram espalhados alguns outdoors, com a imagem dos morcegos sobrevoando o Monumento às Bandeiras.



- Postado por: Alexandre às 14h03
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Novos Comerciais do Morcego na rede

Como se não bastassem os 6 Spots e a prévia de 10 minutos, a Warner lança mais 3 novos comercias de TV de Batman Begins. Confira as novas prévias aqui e use os links Tv Spot 7,8 e 9.

Alan Moore confirma o que já esperávamos

O brilhante escritor inglês, disse em entrevista que são mentirosas as afirmações de que ele havia aprovado o roteiro do vindouro filme V for Vendetta, baseado em sua aclamada graphic novel. Segundo ele, o roteiro, desenvolvido pelos irmãos Wachovsky (Matrix) é "idiota e repleto de incoerências". O filme era a última chance de uma adaptação de Moore se sair bem nas telas do cinema. Depois de From Hell, Liga Extraordinária e da adaptação de Hellblazer, era em V de Vingança (nome da graphic novel no Brasil) que os fãs tinham alguma esperança. Depois dessa declaração dele, porém, foi tudo por água abaixo.

Stallone vai dirigir filme sobre Edgar Allan Poe

Pelo menos é o que afirma a Variety. Segundo a revista, o grandalhão não só irá dirigir como também roteirizar a película. Pra quem não sabe, Edgar Allan Poe escreveu contos de terror muito famosos como "O Corvo" (sem qualquer ligação com o filme do Brandon Lee). Suas histórias eram baseadas em experiências próprias de sua controversa vida. O autor sofria de depressão,tinha problemas com drogas e foi encontrado morto de formas misteriosas em 1849. Para interpretar Poe, Stallone já cogita Robert Downey Jr., que também não é dono de uma vida muito regrada. ;-)

Viram? Não é só de Batman que meu blog vive :-)



- Postado por: Alexandre às 14h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




DEZ MINUTOS DE BATMAN BEGINS!!!

Acaba de ir ao ar nos EUA o último episodio da temporada atual de Smallville, a série que conta as aventuras do jovem Clark Kent, antes dele se tornar o Superman. Mas o que importa mesmo é que logo depois do episódio, rolou uma prévia especial de Batman Begins, com 10 MINUTOS de cenas inéditas! Bom, não tenho o que falar dessa prévia, pois ela só comprova o que todo mundo já sabe: Esse será o filme definitivo de Batman e um dos melhores filmes baseados em HQs de todos os tempo! Então, tá esperando o que? Clique aqui ou aqui antes q o link saia do ar, e baixe o clip! E aqui, pra quem tem o Bittorrent instalado.

Abaixo, algumas imagens da prévia.




- Postado por: Alexandre às 23h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Divulgação é a alma do negócio!

A Warner sabe disso e se aproveita da tática nessas semanas que antecedem a estréia de Batman Begins. É por isso que o site superherohype.com está com uma galeria atualizada com várias novas imagens do filme. Confira todas as imagens aqui.



- Postado por: Alexandre às 18h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Novo Comercial no Ar!

Foi ao ar ontem um novo comercial de Batman Begins na Tv Americana. A prévia contém algumas cenas novas, incluindo a cena de Falcone amarrado no holofote, formando um "bat-sinal" no céu. Confira agora clicando nesse link (precisa do Quicktime)



- Postado por: Alexandre às 13h55
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________